Ser uma pessoa eletrosensível é o mesmo que ser excluído da sociedade moderna. O pior é que eletrosensibilidade ainda é um mistério para os médicos e especialistas.

Muitas pessoas são obrigadas, ainda hoje, a viver à luz de velas. Mas não porque não tem dinheiro para pagar a conta de luz, mas porque são eletrossensíveis, ou seja, tem alergia a eletricidade, ou seja, alergia a campos magnéticos fortes.

Esse enigma da ciência ainda não foi desvendado e é um mistério para a medicina ainda sem cura. Pessoas com esta condição não podem usar um simples telefone celular ou um computador. Para elas a vida social é muito dura, pois se sentem excluídas.

A britânica Petra Smith sofre de sensibilidade elétrica extrema, uma rara condição alérgica que faz o seu cérebro “fritar” e causa insônia e ataques de pânico quando ela está próxima a aparelhos elétricos. Atualmente Petra não pode sequer entrar em um mercado, as pessoas trazem para ela as compras até a porta.

better call saul season 2 bob odenkirk jimmy mcgill michael mckean chuck mcgill 2 1200x658 - Eletrosensível: Pessoas com alergia a eletricidade ou tecnologia

Aos 27 anos, quando foi morar em uma casa com fiação elétrica defeituosa, ela descobri que, ao chegar próxima de uma tomada elétrica, seu coração disparava. Mas ela nunca conseguiu ajuda para combater a sua condição, pois eletrossensibilidade, ou hipersensibilidade elétrica, não é uma doença reconhecida.

Outros acometidos por estes males dizem que a existência de campos elétricos os prejudicam e causam sintomas como dores no quadril, sono irregular, erupções na pele (irritações na pele caracterizadas por um vermelhão ou bolinhas), etc.

dor de cabeca - Eletrosensível: Pessoas com alergia a eletricidade ou tecnologia

Eles dizem que sua condição é verdadeira, pois melhoram após instalarem caríssimos filtros elétricos em suas casas e pelo fato de que os nervos no corpo humano respondem a impulsos elétricos vindos do cérebro. Muitos dizem que este é apenas um efeito placebo, mas a verdade é que o surgimento de pessoas que são alérgicas à tecnologia são uma moda real, sendo ou não psicossomática.

Até que a ciência possa derrubar estas afirmações sobre os eletrossensíveis eles possivelmente não conseguirão muita ajuda da sociedade atual. Mas editores de revistas especializadas em alergias dizem que a condição está cada vez mais comum e pessoas que relatam sintomas negativos por causa da eletricidade estão aparecendo a cada dia.

Comentários

Comentários

Share.