A empresa americana Omega Ophthalmics apresentou, recentemente, seu novo e revolucionário produto, o Gemini, um implante intraocular que não só permite o tratamento de diversas patologias dos olhos, mas que também pode introduzir dispositivos de realidade aumentada diretamente no corpo dos seus usuários.

O implante tridimensional é colocado dentro da cápsula ocular. Ele possui uma lente refrativa que pode ser regulada periodicamente sem a necessidade de submeter os pacientes a procedimentos cirúrgicos complexos. Além disso, deixa um espaço aberto para administrar medicamentos e adicionar sensores biométricos e tecnologias adicionais para as lentes.

Implantes oculares do futuro já são uma realidade

“Esse meio protegido é o lugar perfeito para integrar dispositivos de realidade virtual, integradas e mistas, que estão, atualmente, em desenvolvimento, o que traz novos limites para essa tecnologia”, afirma o vídeo promocional. Nesse sentido, o Gemini promete revolucionar as capacidades do corpo humano, propiciando um avanço substancial em assuntos médicos, com a possibilidade de ampliar as habilidades sensoriais com tecnologia de ponta.

O implante está, atualmente, em fase de teste e espera-se sua aprovação para uso em seres humanos dentro dos próximos meses.

Comentários

Comentários

Share.