A Síndrome de Cotard é uma estranha doença mental, relacionada à hipocondria e descoberta pelo neurologista francês Jules Cotard em 1880.

Também conhecida como delírio de negação e delírio niilista, muitos dos afetados por esta condição acreditam que estão mortos. As pessoas que sofrem dessa doença podem acreditar que seus órgãos estão paralisados e que elas não possuem nervos, sangue ou cérebro. Alguns pacientes relatam sentir o mau cheiro de seu corpo em decomposição, e muitos sofrem alucinações visuais de vermes se movendo por sua pele.

O distúrbio acomete geralmente pacientes que sofrem de depressão muito grave, mas também pessoas com diagnóstico de esquizofrenia ou estados psicóticos desencadeados pelo consumo de substâncias tóxicas.

141104165120 depresion ejercicio 950x633 thinkstock nocredit - Síndrome de cotard: os verdadeiros mortos-vivos

Em quadros mais complexos, o indivíduo afetado pode estar convencido de ser uma alma penada ou até mesmo afirmar que não só ele está morto, mas todos ao seu redor. Houve casos também de pacientes convencidos de sua própria imortalidade.

Comentários

Comentários

Share.