Todos já passamos por momentos estressantes de coceira. Por vezes, não há motivo algum: a sensação simplesmente começa e nós não conseguimos parar. E quanto mais coçamos, mais precisamos coçar. Inclusive, alguns indivíduos podem começar a sentir coceira apenas por ler este artigo. O fato é que a ciência não sabe muita coisa sobre a coceira.

A primeira definição para o termo “coceira” veio em 1660, por um médico alemão chamado Samuel Hafenreffer. Samuel escreveu que tal termo se referia à uma sensação na pele que faz com que você tenha vontade de arranhá-la. Tudo bem, ele acertou em cheio na definição prática… mas disse pouco sobre a relação da coceira com o nosso cérebro. E, de acordo com um artigo do portal “KnowledgeNuts”e com outros referências científicas, essa irritante sensação pode estar muito relacionada com o nosso psicológico.

urticaria - Você imagina de onde vem a coceira?

Obviamente, algumas coisas realmente nos dão coceira: como a picada de alguns insetos, alergias e etc. Mas a ciência já fez descobertas incríveis, sugerindo que a coceira, na verdade, está quase que em sua totalidade, dentro da sua cabeça. Existe um composto químico que os pesquisadores acreditam que seja responsável pela nossa “habilidade” de sentir coceira, e ele é chamado de Nppb. Geneticistas moleculares do Instituto Nacional de Saúde dos Estads Unidos isolaram esse composto e perceberam que, tirando o Nppb de campo, você tira também a sensação de coceira.

111924954 - Você imagina de onde vem a coceira?

Trabalhando com ratos de laboratório, os cientistas isolaram diferentes compostos químicos que eram responsáveis pelo transporte de sinais de informação pelo corpo, incluindo reações de frio, calor e dor. Eles então começaram a alterar a genética dos ratos para remover alguns desses compostos químicos, e aqueles roedores que se viam livres do Nppb pararam de reagir de forma natural às sensações de coceira que eram provocadas pelos pesquisadores. Nenhum outro tipo de sensação foi afetado no processo, dizem os cientistas.

Comentários

Comentários

Share.